Alojamentos

ATENÇÃO: Em função das medidas de mitigação da epidemia de COVID-19, o atendimento externo da Reserva Ecológica do IBGE está suspenso por tempo indeterminado. Todas as edificações da Reserva, incluindo laboratórios, herbário e alojamentos estão interditados.

 


 

A Reserva conta com alojamentos que abrigam até 29 pessoas no conjunto de 2 edificações situadas próximas à Nascente do Córrego Roncador construídas nas décadas de oitenta e noventa.

A Casa do Pesquisador I tem atendido sistematicamente às demandas de hospedagem de pesquisadores residentes fora do Distrito Federal ou de pesquisadores e alunos que residem no DF mas cujas pesquisas necessitam de horários especiais de coleta ou observação, como aquelas voltadas aos hábitos de morcegos e pássaros ou estudos de ecofisiologia vegetal.

A Casa do Pesquisador II se destina mais rotineiramente às atividades em grupo como cursos, reuniões técnicas, oficinas, dentre outras. Possui uma cozinha tipo industrial, com utensílios apropriados para confecção de maior número de refeições, com amplas varandas que viabilizam aulas teóricas, seguidas das atividades práticas em campo.

Uma terceira casa, conhecida como Casa Azul ou Casa Madeira, compunha esse conjunto de alojamentos, mas foi totalmente destruída pelo incêndio ocorrido em 2011. Ela documentava a memória do lugar que já serviu de moradia para os primeiros servidores que vieram trabalhar na Reserva e vinha, desde os anos 80, servindo como apoio à pesquisa e demais atividades de manejo e manutenção da estrutura física da unidade.

Para usar os alojamentos o interessado deve ter projeto de pesquisa aprovado (vide seção Pesquisa Científica -> Autorizações) ou propor a organização de curso de campo. Informações sobre disponibilidade e condições podem ser obtidas pelo email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.